Joãozinho, um craque celeste (por Paulo-Roberto Andel)

Joãozinho, do Cruzeiro, disputando lance com jogador do River Plate, durante o último jogo da final da Taça Libertadores da América de Futebol, no Estádio Nacional.

Ele foi um dos maiores jogadores da história do Cruzeiro, e marcou época no futebol brasileiro ao lado de outros craques da ponta esquerda entre a segunda metade dos anos 1970 e a primeira dos 1980 – uma posição que incrivelmente não existe mais – como Zé Sérgio, Zezé, João Paulo, Julio César “Uri Geller”, Ziza e Éder, entre outros.

João Soares de Almeida Filho, o Joãozinho, nascido em Belo Horizonte, 15 de fevereiro de 1954)

Disputou 482 jogos com a camisa celeste entre 1973 e 1982, sendo o oitavo jogador que mais a vestiu na história. Marcou 116 gols e é o décimo primeiro maior artilheiro da história do clube. Foi dele o gol que levou o Cruzeiro ao título da Copa Libertadores da América em 1976.

Colaborou Bruno Steinberg – FTT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *