Cadê o Zico? (da Redação)

Em 02 de fevereiro de 1983, o Botafogo enfrentava o Colorado do Paraná no Maracanã pelo Campeonato Brasileiro.

Dada a saída para o segundo tempo, com o placar em 0 a 0, um fato inusitado aconteceu: sem que o árbitro Gilson Cordeiro percebesse, o time paranaense havia recomeçado a partida com dez jogadores e… sem o goleiro Zico, que ficara do lado de fora dando entrevistas.

Tão logo perceberam, os jogadores botafoguenses tentaram a todo custo chutar para gol, em vão. Finalmente Zico irrompe o campo e dispara para a grande área, sem autorização do árbitra. Narrando o jogo, o locutor Galvão Bueno mostra sua indignação.

Três anos antes, jogando pelo time do Cascavel, campeão paranaense de 1980, Zico foi o protagonista da partida por uma razão mais nobre: ele marcou um dos gols de seu time na vitória por 3 a 1, vencendo o veterano goleiro Joel Mendes, a quem substituiria mais tarde jogando pelo rival.

Zico jogou pelas seguintes equipes: Cascavel-PR, Colorado-PR, Pinheiros-PR, Grêmio Maringá-PR, CSA-AL, ASA de Arapiraca-AL, Sport de Campo Mourão-PR, Matsubara-PR, Nove de Julho de Cornélio Procópio-PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *